Minha luta

Sinceramente

Não sei o que pensa quando está comigo

Homem branco, negro, baixo, alto, pobre ou rico

Respeite!

Você reconhece?

Valoriza a minha prece?

Quero pedir um pouco mais disso, daquilo

Quero que você veja o que sou,

Onde estou

E onde eu quero chegar

E se você de verdade olhar,

Com certeza vai colar

Com respeito vamos nos olhar

E no final eu só quero saber

Será que eu te encontro lá?

Um dia vou chegar

E é em algum lugar

Estou na caminhada

Não sei aonde vai dá

Mas sigo firme e forte

Não tem como evitar.

Anúncios

Águas de purificação

Estava com vontade de dá um mergulho

Fui ao rio de água doce

Me banhei de todas às formas

Melhor alternativa:

Me senti bem,

Me senti viva!

Há uma vontade enorme de mergulhar

Fui à praia!

E as ondas do mar ameaçavam me levar

Nadei o quanto conseguia

Esqueci de tudo:

A cada nova braçada eu me surpreendia

Mais leve!

Estou bem melhor agora

Mas há uma grande vontade de mergulhar

Então eu percebi:

Preciso mergulhar aqui dentro.

Meu amigo Oddie

Meu companheiro
Vivia sua vida ao extremo
Qualquer lugar era banheiro
Contemplava a vida como ninguém
Tudo em seu tempo
Eu amava cada detalhe
O chinelo que ele pegava
E deixava na porta de entrada
E a forma como me olhava
Assim podíamos sair de casa
E então
Ele correria
Mudaria o foco de qualquer outro
E qualquer outra coisa
Meu filho de outro sangue
Eu cuidaria de você por todos os dias
O mais difícil foi te perder
Plantamos juntos
Comemos juntos
Dormir com você era a melhor parte
Espero que saiba
Do meu carinho e paciência
Por tudo aquilo
Que envolvia sua essência
Alma
Nunca vou esquecer da sua inocência
Admiração
Exemplo para todos
Viveu a vida que eu tinha
Comigo
Meu exemplo de resistência
E não te imagino melhor do que foi
Você foi único em amar
Louvada à sua existência!
Sentia minha falta
Nos momentos que ninguém sentiria
Foi meu único amparo para um abraço
Quando ninguém mais ouvia
Você sempre veio me procurar
Até na madrugada fria
Sentir falta é amar
Alguém que sabia o cheiro dos meus sapatos
Queria viver a vida sempre ao meu lado
E continuar assim até o último dia
Saia de sua cama
Pedindo um colo onde queria estar
Nessas noites minha certeza era:
Eu poderia te amar
Tanto!
Por toda à nossa vida
No carinho do meu abraço,
No aconchego da minha cama
Meus braços eram seu lar
Nos primeiros e últimos momentos
E eu sentia: ele realmente me ama
Latia
Quando eu o contrariava
No fim da vida gemia
Quando eu te salvava
Tentava*
Nós dois falhamos na luta
Você se foi tão cedo
E eu estou aqui
Aprendendo a ser outra
De novo.

Dicas contra o bloqueio criativo

Durante muito tempo me vi com medo de escrever. Sentia como se cada palavra estivesse fora do lugar e qualquer coisa dita fosse um motivo para parar de me derramar em palavras. Mas isso faz parte do processo criativo de qualquer escritor. Portanto, vou contar as principais dicas para se livrar de um bloqueio no seu texto.

  • Novas experiências

Todas as vezes que me sentia sem ânimo para escrever e até mesmo sem saber que palavra usar, eu me forçava a escrever qualquer coisa e depois que parava para ler eu ficava completamente frustrada com aquilo que havia saído.

Então resolvi mudar esse hábito de uma forma bem simples: largando o caderno e procurando algo novo para fazer, um lugar para visitar, uma receita e etc. Dessa forma minha mente encontrava inspiração e saia da zona de conforto que a rotina causa.

Depois de uma vivência, eu poderia ter até mesmo uma oportunidade de escrever um texto descritivo sobre o que ocorreu comigo. E é nesse momento que entra a segunda dica.

  • Contato com natureza

Esse contato com a natureza sempre me fez esquecer às coisas que me deixa ansiosa, os problemas e, claro, ver a beleza que existe na vida e em todo o planeta. Com isso, com certeza você terá uma poesia em mente enquanto o vento bate em seu rosto, enquanto pula sete ondas no mar ou simplesmente contempla o canto de um pássaro e fala sobre aquilo em seu texto. Afinal, a natureza é a parte mais bela da vida!

  • Mantenha um diário

Eu sou péssima com rotinas e usar isso na escrita faz com que o trabalho perca a graça para mim. Então eu uso um diário independente de qualquer texto que esteja escrevendo, assim posso escrever todos os dias uma certa quantidade de palavras e me manter no ritmo que eu conheço.

Com isso, vou saber qual o meu ritmo natural para escrever um romance, por exemplo.

  • Exercite o corpo e a mente

Assista séries, filmes, frequente palestras, bibliotecas, museu de arte e principalmente, leia ficção!

Para ser um bom escritor é preciso que você aprenda com quem já fez. Se quer escrever um romance policial, nada melhor que ler um e estudar cada parte que você achou interessante. E mantenha a saúde em dia com exercícios físicos, alimentação balanceada. Tudo isso contribui com mais disposição e uma mente mais sã.

Essas foram minhas dicas, espero que te ajude nesse processo lindo. Qualquer coisa deixa seu comentário e não esqueça do seu diário!

Eu planto e colho frutos. Eu sou exemplo vivo e alimento minha alma. Dessa forma. E dessa forma eu encontro minha verdadeira forma de ser, de viver e ser vivida. Essa é a minha vida.

O que é a vida? Essa pergunta foi feita por um amigo num rolê, e ficou na minha cabeça, pois fiquei tentando achar respostas, só que lembrei bem que desde quando comecei a ter conhecimentos das coisas eu faço ela, e acho que vai ficar até o dia em que a minha vida (na […]

via Vida. — egopensamento