Meu amigo Oddie

Meu companheiro
Vivia sua vida ao extremo
Qualquer lugar era banheiro
Contemplava a vida como ninguém
Tudo em seu tempo
Eu amava cada detalhe
O chinelo que ele pegava
E deixava na porta de entrada
E a forma como me olhava
Assim podíamos sair de casa
E então
Ele correria
Mudaria o foco de qualquer outro
E qualquer outra coisa
Meu filho de outro sangue
Eu cuidaria de você por todos os dias
O mais difícil foi te perder
Plantamos juntos
Comemos juntos
Dormir com você era a melhor parte
Espero que saiba
Do meu carinho e paciência
Por tudo aquilo
Que envolvia sua essência
Alma
Nunca vou esquecer da sua inocência
Admiração
Exemplo para todos
Viveu a vida que eu tinha
Comigo
Meu exemplo de resistência
E não te imagino melhor do que foi
Você foi único em amar
Louvada à sua existência!
Sentia minha falta
Nos momentos que ninguém sentiria
Foi meu único amparo para um abraço
Quando ninguém mais ouvia
Você sempre veio me procurar
Até na madrugada fria
Sentir falta é amar
Alguém que sabia o cheiro dos meus sapatos
Queria viver a vida sempre ao meu lado
E continuar assim até o último dia
Saia de sua cama
Pedindo um colo onde queria estar
Nessas noites minha certeza era:
Eu poderia te amar
Tanto!
Por toda à nossa vida
No carinho do meu abraço,
No aconchego da minha cama
Meus braços eram seu lar
Nos primeiros e últimos momentos
E eu sentia: ele realmente me ama
Latia
Quando eu o contrariava
No fim da vida gemia
Quando eu te salvava
Tentava*
Nós dois falhamos na luta
Você se foi tão cedo
E eu estou aqui
Aprendendo a ser outra
De novo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s