A todas as mulheres feitas de sonhos

Não chore, criança!
Você não é má
Não tema seus sonhos, menina!
Ande e corra enquanto te dá
Jogar bola, pica-esconde e
Seu motivo de sonhar…
Você também pode estar lá!
Não tenha medo, jovem
Você é um par
É completa
Pode voar!
Então desconstrói essa meta
De ter que agradar
Você se esforça mais do que pode
Se mata, se sacrifica
Seus sonhos, para se encaixar, abdica
E no fim à sociedade retira
Seu direito de sonhar
Mulher, você não está sozinha!
Quando desiste de acreditar
Mas não fique aí quietinha
A luta tem que continuar!
Somos nós por nós
Ou ninguém será
Não desacredita, mulher!
Não é sua responsabilidade
Se culpar
Por não ter mais disponibilidade
Você não está sozinha!
Não desanime jamais
Não precisa de pressa
Descanse um pouco!
Veja onde estais
Sua luta é constante
Saiba onde pode chegar
Veja adiante!
E quando chegar lá
A pátria verás teu semblante
Máximo respeito, anciã!
Que continua caminhando
Você vai lembrar
E enquanto sorri lembrando
Da pressa até para caminhar
Sozinha na rua
Vai abençoar
Os olhos brilhantes
De todas às meninas
De todas as mulheres
Feitas de sonhos
E de luta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s