Viajar, alimento para a alma

Viajar é sair do berço, caminhar sozinho ou não, visitando outras perspectivas, além da rotina que nos aprisiona e torna acondicionada a repetição nossos sentidos. É ver além da mesmice cotidiana. Olhar o horizonte por um lado diferente e lembrar que sempre há outro ponto de vista. Lembrar que o mundo é enorme, cheio de possibilidades e entre todas elas é possível encontrar boas razões para viver.

Nos desperta para a beleza da vida nas incontáveis formas, da natureza e da Terra a qual pertencemos. Nos ensina em grau de importância, a contemplar às paisagens. São imagens que levamos nas lembranças, dos caminhos por onde andamos, para sempre poder voltar.

O lar, naquele momento, poderia ser qualquer lugar, perdemos o medo de desapegar das paisagens costumeiras que não mais nos despertam a observação, o encanto. Para então nos adaptarmos a explorar cada beleza que se esconde atrás dos prédios que, cada dia mais altos, não nos impedem de ver o sol nascer.

Viajar, alimento para a alma daqueles que se encontram com o perfeito milagre da vida todos os dias, mas esquece que faz parte. De tudo. Do todo. Daquele lugar e de muitos outros. Que é o próprio milagre em um novo amanhecer. Combustível para a alma daqueles que se esqueceram de amar a vida, suas formas e sabores, em todos os sentidos que a vida nos permitiu sentir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s