Descrições – Oficina Virtual de Escrita

Na terceira aula, aprendemos que boas descrições devem conter os cinco sentidos traduzidos em palavras.

Exercício 1: Descrição de uma imagem ou objeto

Foi o lugar mais lindo que já vi. Com os pés descalços eu podia sentir a areia fina e molhada afundar levemente os meus pés, ao mesmo tempo em que o vento fazia a areia seca voar em mim. Depois de mergulhar, a maresia já havia tomado todo o meu corpo, eu podia sentir aquele imenso mar em várias dimensões: o cheiro de mar em mim, os lábios salgados, o som das ondas que quebravam, caiam e se arrastavam até meus pés que, enterrados na areia, sentia cada grão. O melhor tranquilizante. Não conseguia parar de contemplar a imensidão daquele azul que acalmava meus pensamentos. Podia ver que os barcos se perdiam no horizonte e sabia que eram os amantes do mar se perdendo por entre as curvas de suas ondas, desaparecendo no lugar onde podiam se encontrar.

Exercício 2: Descrição de uma memória

Cigarro de menta

A música alta me deixava com dificuldade de ouvir aquela voz rouca. Ele era muito calado, de qualquer forma. Mas a imagem eu lembro bem: Seus cabelos castanhos eram lisos como o cetim dos vestidos das meninas, as roupas pretas contrastavam o ambiente colorido daquele carnaval. Eu precisava beijá-lo. E eu o beijei. Toquei seus cabelos e finalmente pude sentir aqueles lábios com sabor de cigarro mentolado e cerveja. Podia sentir a fumaça e o cheiro de bala de menta. E naquele dia eu, que nunca fumei, viciei no teu sabor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s