O terreno fértil da vida

Dia de jardinagem na minha casa. Acordei às crianças cedo, fiz um café da manhã reforçado. Peguei as sementes e distribui entre eles. Observei o canteiro, a terra pronta para receber as sementes, fértil e generosa. Um dos meus filhos plantava sementes de cenoura e me perguntou:

“Será que essa pequena semente vai se tornar uma cenoura mesmo, mãe?”

Olhando bem para ele, respondi:

“É preciso confiar! Na vida precisamos confiar nas sementes que plantamos.”

Ele me olhou, refletiu e desacreditado, disse:

“Só preciso confiar?”

“Sim, filho!”. Respondi.

E enquanto regava a terra, pensei que a vida é semelhante àquele terreno que alimentamos até ficar fértil, pronto para receber as sementes que plantamos. É preciso plantar nossas escolhas com confiança, para não apenas seguir adianta, mas tomar as rédeas de nossa vida.

Anúncios

3 comentários sobre “O terreno fértil da vida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s